Os remendinhos e a chouriça.

A gente, quando eramos pequenos eramos oito filhos, com o pai e a mãe eram dez. Andavam mal, mas andavam mal.

Estava lá uma vizinha que disse, eu tenho aqui um casaquinho, posso dá-lo para os seus filhos que eles têm falta de roupa, mas o casaco já tem uns buracos, a senhora tem que pôr um remendinho. A minha mãe aceitou e aquilo os remendos eram muitos, parecia internacional. Depois começam as vizinhas a dar outras coisas. Um pão com chouriça, comecei a comer a chouriça e o pão e tinha vontade de a comer toda mas comecei a lembrar, não, vou deixar um bocado que amanhã também tenho falta. Ora, meti a chouriça na gaveta para os gatos não a comerem. Vai lá a minha irmã, mamou a chouriça e o pão. Eu vou lá e não encontro a chouriça.

Volto para ela e pergunto:

– Quem comeu a chouriça e o pão que estava aqui?

– Não sei mano, eu não vi isso.

Olha a mulher de um cabrão que comeu com os olhos fechados.


Ouvido em São João dos Caldeireiros

9 de Setembro de 2020

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias