O sol e o vento

Ia um senhor numa estrada, levava um capote vestido, daqueles capotes de antigamente muito grandes, diz o vento para o sol:

– Olha lá o velhote a largar o capote num instante…

E começou a fazer vento, a fazer vento e quanto mais vento fazia mais o homem se enroscava no capote. O velho é teimoso, e vá mais vento.

O velho ainda se enrolava mais, diz-lhe o sol assim:

– Não tens assim habilidade para essas coisas, queres ver o homem largar o capote?

Começa a aquecer, a aquecer, o homem tirava a manga do capote, tirava a outra e chegou a um ponto que despiu o capote.

Diz o sol, estás a ver, a tua brutalidade não serve para nada.

Xico Zé

Ledo

1 de Setembro 2020

[ Na riqueza do serão do Ledo uma história me ficou, contada pelo Xico Zé, um dos grandes contadores do concelho de Mértola. É esta parábola da habilidade, antagonista da brutalidade. ]

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias