Começamos um novo ano em busca dos caminhos dos contos

Muitas histórias e contos que escutamos acontecem nos lugares habitados pelas pessoas. O Monte da Malhada é um desses lugares onde já só resiste a memória da sua existência; ali, conta-se, noutros tempos viviam mais de vinte moças. A propósito de uma história em verso escutada na Corte da Velha, hoje fomos em busca deste lugar que há meses nos habita a imaginação. Fomos aos mapas, desenhámos o itinerário, seguimos placas, mas no campo chega-se aos sítios de boca em boca, perguntando a quem sabe. Nesta procura temos a habitualmente a sorte de encontrar quem nos ajude, nos dê indicações e se ofereça para nos guiar. Nem que seja de trator.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias