em verso

Pedro Bravo

História da perdiz

Em Janeiro pergunta a perdiz o seu parceiro Fevereiro reconcanêro Março três e quatro Em Abril cheio o covil Maio

Ler mais... »
Pedro Bravo

A velhinha

Era uma vez uma velhinha Quase cega Coitadinha E já mal podendo andar Encostada ao seu bordão Sempre olhando para

Ler mais... »