Modos de Escutar e Contar – experiências de escutadores e contadores de histórias

 

 Modos de Escutar e Contarexperiências de escutadores e contadores de histórias

30 de Abril 2021,  sexta-feira, às 18h00

Corte da Velha, Mértola

O oficio de contar histórias envolve habitualmente uma escuta atenta à realidade que nos rodeia. Os contadores e a contadora de histórias que participam nesta conversa têm fama de saber beber da oralidade as peripécias, emoções e outros acontecimentos que lhes chegam aos ouvidos, para depois os transformar e voltar a contar. Juntamo-nos para os e a ouvir contar sobre as suas experiências de escuta: as situações e lugares em que encontram as histórias, quem são as pessoas que os inspiram, como fazem o reconto do que ouvem, o que acontece quando se reconta uma história. Com este encontro acreditamos podermos todos e todas aprender um pouco mais sobre os segredos dos contadores de histórias destes e de outros tempos.

Encontro integrado nas Conversas De Boca em Boca, um ciclo de partilha sobre práticas artísticas e culturais de proximidade, na comunidade e participativas.  Partimos da apresentação de experiências de trabalho para fazermos o caminho do diálogo, do encontro e da perspectivação do futuro. As conversas serão descentralizadas e realizadas em parceria com sociedades recreativas e juntas de freguesia nas aldeias do Concelho de Mértola.

 

Participantes António Fontinha, Manuela Barros Ferreira, Pedro Faria Bravo

 

António Fontinha nasceu em Lisboa, em 1966, e viveu em Angola até 1974.

Começou a contar histórias em 1992 e é um dos pioneiros do movimento de narração oral em Portugal. Vive exclusivamente de contar histórias desde 1995, dinamizando pelo país milhares de sessões de contos para os mais diversos públicos. A base do seu repertório são temas da tradição oral portuguesa que, paralelamente à atividade de narrador, tem vindo a investigar por todo o território nacional, em múltiplas campanhas de recolha de contos tradicionais. Já por várias vezes colaborou com a Biblioteca Municipal de Mértola e, numa dessas passagens por este concelho, chegou a recolher alguns contos. São esses contos que vem partilhar.

Manuela Barros Ferreira. Muitos anos de exílio, mergulhada em jornalismos radiofónicos; muitos outros anos numa profissão de ouvir gente portuguesa para lhe anotar as falas e as pronúncias; e alguns, muito poucos, a deliciar-me com o mirandês, fizeram-me amar as palavras, enquanto me cerceavam o tempo de escrever aquelas que pela cabeça me passavam e muito pouco tinham a ver com o rigor que a profissão de investigadora me exigia. Apenas depois de aposentada pude dispor de tempo para elas. A partir de então, o meu curriculum de escrituração ficcional caracteriza-se sobretudo pelo secretismo da internet. Publicações em papel, apenas A cor das nuvens, com ilustração de Nádia Torres, (Ed. Afrontamento, 2003) e a história Meia Bola, (Ed. Eterogémeas, 2006). Esta última é detentora de vários prémios, mais pela ilustração, que a escrita mal se consegue ler. O Medronho ponto por ponto, ilustrado por Nádia Torres e que a Afrontamento e a Frauga se arriscam a publicar, vem, naturalmente, colocar vários pontos mais acima o meu curriculum literário.

Pedro Faria Bravo, cedo descobre, em família, o gosto de escutar e contar as histórias dos antigos e há vários anos que se dedica à escrita das histórias que ouve contadas por pessoas comuns. Hábil no trabalho com a memória das gentes, sabe preservar as marcas de linguagem da oralidade e, fazer fermentar a genuinidade dos acontecimentos, que tempera com a sua íntima poesia. Os seus textos foram publicados no primeiro número da Revista Sizígia em Novembro de 2014, na Antologia do Conto Alentejano, pela Edições Colibri em 2020, e numa edição de contos e fotografias (da autoria de Rita Sales) intitulada Conto-Postais, publicada pelos autores. Encontra-se em fase de preparação uma edição dos seus contos em livro no âmbito do projecto De Boca em Boca – histórias a nutrir comunidades.

Concepção e moderação_Rita Sales

Apoio e parceria _ Jacinto Raposo

Apoio financeiro e parceria institucional_Câmara Municipal de Mértola

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias